Coinbase: É Seguro e Confiável? Descubra se Vale a Pena

Se você é um grande entusiasta de criptomoedas e assim como qualquer pessoa “normal” pretende ganhar um dinheiro fácil, atualmente existem inúmeras opções de corretoras para comprar e vender criptomoedas.

A Coinbase é mais uma entre as inúmeras corretoras internacionais que existem para facilitar a sua vida de investidor em criptomoedas.

Mas será que a Coinbase é confiável e segura para você colocar seu dinheiro na compra desses ativos digitais?

Logo a seguir você vai descobrir como funciona e se é seguro usar a Coinbase para operações de compra e venda de criptomoedas.

O que é a Coinbase?

A Coinbase é uma antiga corretora criada nos Estados Unidos, sendo umas das maiores em termos de valor negociado, e também a primeira corretora no mundo a abrir seu capital na bolsa de valores dos EUA.

Usando a Coinbase, você pode operar diversos tipos de criptomoedas, entres as principais estão:

  • Bitcoin
  • Ethereum
  • Litecoin
  • Ripple
  • Dash
  • EOS
  • USD Coin
  • Entre muitas outras.

Praticamente todos os ativos mais populares no momento, podem ser encontrados para negociação na Coinbase.

eBook Grátis para Baixar

Descubra uma maneira simples e comprovada para ganhar dinheiro usando a internet.

Clique no botão abaixo e lhe enviaremos o acesso para esse ebook gratuito.

Como usar essa corretora?

Usar a Coinbase ou qualquer outra exchange envolve, dois ou três passo importantes.

  1. Registrar sua conta.
  2. Validar sua identidade – isso vai depender de cada corretora, algumas impõem um limite para operar sem a validação de identidade.
  3. Fazer sua operação de compra ou venda.

Para começar a usar a Coinbase, acesse o site e clique em “Começar”.

Após isso você deve fornecer todas as informação que irão aparecer na tela, também é necessário validar a sua identidade para poder comprar ou vender criptomoedas.

Quais sãos as taxas para operar na Coinbase?

As taxas de depósito e saque variam de 1,49% até 3,99% dependendo de qual opção você escolher.

Já para a negociação de criptomoedas você irá pagar uma média de 1,5%.

Pontos positivos e negativos

Como pontos positivos a Coinbase oferece:

  • Como eu explico logo baixo, a Coinbase é muito segura e confiável.
  • É amplamente usada no mundo todo.
  • Tem sistema seguro e estável, com poucos relatos de problemas.

E como pontos negativos:

  • Só aceita depósitos por cartão de crédito ou débito.
  • As taxas não são as melhores.
  • A variedade de criptomoedas é um pouco menor que outras corretoras.
  • Você é obrigado a validar sua identidade para negociar criptomoedas, mesmo que seja um valor bem baixo.
  • interface do site é simples e parece até pouco profissional, algumas palavras possuem erros de gramática, por exemplo.

De modo resumido, é uma corretora boa e com sistema seguro e confiável, porém o site poderia ser mais profissional.

A Coinbase é confiável e segura?

Sim, a Coinbase é confiável e segura.

É a primeira corretora de criptomoedas que conseguiu abrir seu capital na bolsa de valores dos EUA.

Abrir o capital na bolsa exige uma quantia enorme de dinheiro, além de uma enorme burocracia para evitar fraudes e garantir a segurança para seus investidores.

Na prática, isso significa que a Coinbase é indiretamente forçada a ser uma corretora muito segura e confiável para evitar qualquer tipo de fama negativa.

Vale a pena mesmo usar essa exchange?

Uma corretora de criptomoedas possui a única função de permitir a compra e venda desses ativos.

Isso quer dizer que para ter lucros com criptomoedas, a escolha de uma corretora não é muito importante, sendo que a segurança e confiança são os únicos requisitos realmente necessários.

E  como explicado acima, a Coinbase é muito segura e confiável para negociar esse tipo de ativo.

Contudo, eu repito o que tenho dito em outros artigos: não vá com muita sede ao pote e como regra de ouro, você jamais deve investir um valor maior do que pode perder.

Vai pegar todas suas economias e começar a investir em criptomoedas?

Isso é um grande erro e deve ser evitado.

Uma boa ideia é não investir mais que 10% da sua renda em investimentos arriscados como criptomoedas.

Também é importante estudar a criptomoeda que você deseja comprar, não coloque seu dinheiro em um ativo que você não conhece, caso contrário, suas chances de perder dinheiro irão ser altas.